Viveiro atende prédios municipais e inicia em breve produção de mudas

O Viveiro Municipal vem atendendo diversos prédios da prefeitura e os pedidos das secretarias. Os vasos de flores estão sendo cuidados e preparados, principalmente no paço municipal. Já foram entregues também vasos para a Fundação Cultural e para o novo prédio do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

O gerente do Viveiro, Marcos Avlis informou que em breve iniciará a produção de mudas. “Daremos início pelas frutíferas e ornamentais, pois crescem mais rápido, nos permitindo suprir necessidades momentâneas de plantio e doação”, explicou. Sobre a distribuição, entre janeiro e março, foram doadas 511 mudas para recuperação de nascentes, plantio em calçadas e escolas.

O viveiro possui mais de 400 espécies de árvores (nativas, exótica, ornamentais e frutíferas), de pequeno, médio e grande porte. Para distribuição e plantio em praças, parques e jardins e área verde em geral, tem o equivalente a 80 espécies de mudas que são as mais apropriadas para esses ambientes.

Na área reflorestada do Viveiro, algumas chegam a 30 metros de altura, como o Guapuruvu, o Chichá, o Eucalipto e a Palmeira Imperial. Além das espécies brasileiras, há também no viveiro espécies dos continentes Asiático, Africano e Oceania. “Porém, caso necessitemos de alguma espécie fora do padrão de distribuição, utilizamos as sementes dessas 400 plantadas no Viveiro e outras espalhadas pela cidade”.

O viveiro possui 20 hectares (200.000 metros quadrados) de área reflorestada e 40 hectares (400.000 metros quadrados) a ser reflorestado. Algumas espécies brasileiras encontradas no Viveiro estão ameaçadas de extinção como o Pau Brasil, Palmeira Juçara e Jequitibá-rosa.

Só de Palmeiras o viveiro possui 57 espécies. As espécies disponíveis para doação são: Frutíferas (Araçá, Acerola, Nespera, Amora), Nativas (Pau de rosas, Pau-brasil, Aroeira salsa, Ipê branco, Sibipiruna), Recuperação de nascentes (Ingá, Embaúba, Palmeira Juçara, Aroeira Salsa), Ornamentais (Cróton, Cica, Dracenas, Lantana, Alpínias).

O gerente do viveiro destaca ainda que a produção de mudas de espécies arbóreas está paralisada há cerca de 10 anos. “Estamos resgatando uma das principais atividades do Viveiro”, completa.

O Viveiro Municipal fica localizado na estrada Teófilo Teodoro Resende, 39, no Campo Grande, a cinco minutos do centro. O telefone é 3953-3917.

(Marta Fernandes/PMJ)