Mutirão da vacina! Prefeitura de Jacareí imuniza população contra COVID-19 e contra Influenza no domingo (27)

Preparem os braços! A Prefeitura de Jacareí, por meio da Secretaria de Saúde, realizará, no domingo (27), um mutirão para vacinar a população contra a COVID-19 e contra a Influenza (H1N1). A iniciativa faz parte de uma campanha do Governo do Estado de São Paulo, que antecipou o início da vacinação contra a gripe (previsto, antes, para começar no dia 4 de abril).

A vacina contra a Influenza (H1N1) será destinada para toda a população acima de 80 anos, enquanto a da COVID-19 será destinada para toda a população acima de 5 anos. Também serão aplicadas a segunda e terceira doses, e a quarta dose para quem tem mais de 80 anos. Não há contraindicação para receber as duas vacinas no mesmo dia.

“O público acima dos 80 anos é o que teve maior adesão à vacina contra a COVID-19. Por isso, é importante que todos recebam a quarta dose e, também, sejam imunizados contra a gripe. Além disso, aqueles que ainda não se vacinaram terão oportunidade de ficar em dia, seja com a primeira, segunda, terceira ou quarta dose. E vale ressaltar que não há nenhum problema em receber as duas vacinas, contra a COVID-19 e contra a gripe, no mesmo dia”, explica a médica Rosana Gravena, que é secretária de Saúde de Jacareí.

Locais e Horários

A vacinação será realizada em todas as Unidades Básicas de Saúde e Unidades Municipais de Saúde da Família (com exceção da UBS Central e da UMSF Pagador Andrade), das 9h às 16h. Confira o endereço das Unidades de Saúde clicando aqui.

Influenza (H1N1)

A gripe, causada pelo vírus da Influenza, é uma infecção aguda que afeta o sistema respiratório e tem grande potencial de transmissão. A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a doença, que pode levar a complicações graves e até a morte.

Calendário de Vacinação Contra a Gripe

27 de março: idosos acima dos 80 anos.

4 de abril: idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde.

2 de maio: crianças acima de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes e puérperas.

9 de maio: indígenas, professores, pessoas com deficiência e pessoas com comorbidades.

16 de maio: forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.