Fundação Cultural assume atividades do Centro da Juventude e abre inscrições para oficinas

CEJU reabre em maio com oficinas do programa Conexão Cultural, financiado pelo Itaú Social e com parceria do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente)

A partir de maio, a Fundação Cultural de Jacarehy (FCJ) assumirá as atividades do CEJU – Centro da Juventude, localizado na zona oeste do município. O espaço voltará a oferecer oficinas de formação para adolescentes e será também um local de vivência e intercâmbio artístico.

A reativação acontecerá por meio do projeto Conexão Cultural, realizado pela FCJ, com financiamento do Itaú Social e parceria do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). A iniciativa é um programa de formação cultural, de educação não formal e de cidadania, visando a criação de uma Agência Comunitária dentro do próprio CEJU.

No primeiro momento, serão oferecidas 80 vagas, divididas em quatro oficinas, no segmento de arte e comunicação, como fotografia e edição de imagens, audiovisual, mídias analógicas e jornalismo. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 25 de abril, às 17h, neste link digital. Para cada oficina, serão 10 vagas destinadas para adolescentes entre 13 e 18 anos e 10 vagas exclusivas ao CMDCA. Mais para frente, serão também abertas as inscrições para uma formação sobre Educomunicação.

Guilherme Mendicelli, presidente da FCJ, reforça a importância da consolidação das parcerias com o Itaú Social e CMDCA. “O Conexão Cultural terá um grande papel social e  mobilizador. Além das formações, os participantes poderão desenvolver potencialidades, vislumbrar novos horizontes e criar um maior engajamento nas ações e causas na luta pelos direitos da criança e do adolescente”, pontua.

A diretora de Cultura da FCJ, Patrícia Cruz, explica ainda que, o projeto propicia uma formação com mais densidade, oferecendo uma carga horária ampla de formação. “Vamos estimular não apenas uma ação pontual das oficinas culturais, mas a continuidade das ações com a criação da Agência Comunitária Jovem de Notícias”, complementa Patrícia.

Vale ressaltar que, as inscrições devem ser realizadas apenas neste link on-line e as dúvidas podem ser enviadas no e-mail [email protected]culturajacarei.sp.gov.br ou pelo telefone (12) 99165-5234. A reabertura oficial do CEJU acontecerá no dia 9 de maio, às 13h.  O endereço é Rua New Jersey, nº 420, Jardim Flórida. Mais informações serão divulgadas nos canais oficiais de comunicação da FCJ.

Confira abaixo os detalhes das formações:

Oficina de fotografia e edição de imagens
Ministrante: Melissa Rahal

Início: 9 de maio

Dia e hora: Segundas-feiras, das 14h às 17h.

Objetivo: A oficina tem por objetivo proporcionar um contato aprofundado com a arte da fotografia, possibilitando aos participantes manuseio e as técnicas desenvolvidas, através de equipamentos profissionais e, em equipamentos amadores, assimilando algumas técnicas, até mesmo em celulares com câmeras. Os participantes também aprenderão como editar imagens.

Oficina de Audiovisual: Cinema e Vídeo
Ministrante: Luiz Brasileiro

Início: 10 de maio

Dia e hora:  Terças-feiras, das 14h às 17h.

Objetivo: Tem como objetivo utilizar o audiovisual como processo de transformação social. A oficina aborda a história da arte digital e, após uma investigação inicial de técnicas, os participantes realizam as suas criações, que poderão ser videorreportagens, curtas de ficção e documental, conteúdo para internet (Youtube) e animação (Stop Motion).A perspectiva adotada entende as novas mídias (celular, câmeras digitais, tablets, DSLRs, internet.) como fenômenos culturais da sociedade, instrumentos de arte, expressão e comunicação, incluindo suas finalidades lúdicas, como opção de lazer e de entretenimento, mas também como um caminho para novas formas de trabalho.

Oficina de Mídias Analógicas: Artes Visuais Urbanas (Fanzine, ilustração, grafite e lambe lambe)
Ministrante: Rafael de Aquino (Raico)

Início: 12 de maio

Dia e hora:  Quintas-feiras, das 14h às 17h.

Objetivo: Consiste em trabalhar diversas linguagens das Artes Visuais que dialogam com a comunicação. O fanzine e o lambe lambe foram escolhidos por terem como principais características a criatividade e a facilidade de produção e distribuição, pois utilizam os recursos disponíveis nas escolas e comunidades. O fanzine é uma mistura de revista e folheto informativo, produzido com recortes de revistas, fotografia, ilustrações, histórias em quadrinhos e texto. O lambe-lambe é uma técnica ligada ao grafite. A Ilustração e o grafite serão a base artística que auxiliarão na confecção destes materiais.

Oficina de Jornalismo: Criação de texto, blog e mídias sociais
Ministrante: Nayara Nascimento

Início: 9 de maio

Dia e hora: Sábados, das 14h às 17h.

Objetivo: Promover experiências que fortaleçam o domínio da Língua Portuguesa por parte de jovens da comunidade e, a partir disso, tratar sobre fundamentos da comunicação social e do jornalismo como ferramenta de fortalecimento do espírito comunitário e da cidadania. As principais ferramentas de que o jornalismo dispõe serão abordadas, como radiodifusão, televisivo, sites, blogs e impresso e como trabalhar a informação nas mídias sociais digitais.

Legenda: Registro das últimas oficinas realizadas pela FCJ no CEJU, em 2019