Em seis meses, capina elétrica esteve em 55 bairros e 663 ruas de Jacareí

Iniciado em meados de abril e completando seis meses de execução em Jacareí, a capina elétrica tem trazido resultados efetivos no combate às ervas daninhas. De acordo com balanço divulgado pela Prefeitura de Jacareí, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Zeladoria Urbana, 55 bairros de todas as regiões da cidade já receberam o serviço que controla as plantas invasoras sem usar herbicidas, apresentando efeitos que duram quatro vezes mais que a capina tradicional.

O resultado é obtido a partir da eletrocussão de plantas. Uma corrente elétrica é aplicada, eliminando o mato pela raiz, evitando a contaminação e erosão do solo, interrompendo o ciclo natural. Em oito dias, o mato está totalmente seco e é removido pela equipe contratada pela prefeitura, que faz tanto o trabalho de aplicação quanto de remoção das ervas daninhas.

A secretária de Meio Ambiente e Zeladoria Urbana de Jacareí, Claude Mary de Moura, comenta a dinâmica da capina na cidade: “Temos cinco equipes fazendo a capina tradicional e mais a equipe que executa de forma elétrica. O atendimento está mais ágil, com acabamento bem feito e Jacareí fica cada vez mais bonita”, disse.

Tecnologia Limpa

O serviço de capina elétrica usa um método totalmente eficaz, responsável e sustentável, pois não é poluente. Atua com descargas elétricas controladas, de alta tensão, para eliminar raízes e os brotos mais profundos, que geralmente não são atingidos pelos herbicidas comuns, e se proliferam, causando mato alto em curto espaço de tempo.

Legenda: Capina elétrica nas ruas do bairro Independência, em Jacareí