Educação lança consulta pública para protocolo sanitário de volta às aulas

A Prefeitura de Jacareí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, lançou nesta última terça-feira (4), uma ferramenta para consulta pública, no site da prefeitura https://www.jacarei.sp.gov.br/consultapedagogica/. É sobre o protocolo sanitário de retorno das aulas presenciais das escolas municipais e privadas de Educação Infantil do Sistema Municipal de Educação de Jacareí.

A finalidade da consulta pública é colher opiniões e sugestões dos pais, responsáveis, professores, educadores, funcionários e de toda a comunidade. Os Protocolos visam promover adequações sanitárias dos prédios para um futuro retorno das aulas presenciais de forma gradual, consciente e responsável, organizada em fases progressivas, seguindo as Diretrizes:

  1. Distanciamento Social; 2. Higiene Pessoal; 3. Limpeza e higienização de ambientes, superfície e objetos; 4. Comunicação; 5. Monitoramento das condições de saúde.

“A consulta pública é para a participação de toda a população, para as famílias de nossos alunos, para a organização dos protocolos sanitários dos nossos prédios e para um possível retorno”, explica a secretária municipal de Educação, Maria Thereza Ferreira Cyrino.

A secretária destaca também: “Isso é pensar no futuro, pensar se vamos voltar este ano ou não. É um protocolo sanitário para nossa organização. Estamos dividindo a consulta em três segmentos: de creches, que os protocolos são mais restritivos, porque são bebês; da Educação Infantil; e do quinto ano a EJA, que é de Ensino Fundamental”.

“Você pode entrar, ler o protocolo do segmento para dar a sua opinião, que isso tudo vai ser compilado, junto com tudo que já fizemos. Para montarmos esta matriz de consulta pública, estudamos nove países, estudamos toda a recomendação do Estado de São Paulo e de outros Estados, do Ministério da Saúde, e da Organização Mundial de Saúde”, informou.

No site da prefeitura (em https://www.jacarei.sp.gov.br/consultapedagogica/), ao final de cada tópico terá um espaço para manifestação. Basta clicar e se identificar com nome e e-mail. A consulta ficará disponível de 4 a 14/08/2020.