Coronavírus: Plano de enfrentamento à doença segue com adaptações e qualidade no atendimento em Jacareí

Mudanças no atendimento da UPA Dr. Thelmo de Almeida Cruz, Santa Casa Clínicas e UPA do Parque Meia Lua passam a valer, oficialmente, nesta segunda-feira (11)

A partir desta segunda (11) algumas das adaptações no atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) à população começaram a valer em Jacareí. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Dr. Thelmo de Almeida Cruz já está totalmente adaptada para atender exclusivamente os pacientes com sintomas do novo Coronavírus (COVID-19), incluindo os casos mais graves da doença, que precisarão de atendimento semi-intensivo. Esta unidade contará com 30 leitos equipados para este atendimento semi-intensivo, divididos em uma sala com estes 30 leitos, duas salas de emergência e uma sala de observação.

Além disso, a unidade também está com toda a estrutura adaptada para oferecer segurança aos profissionais de saúde, com uma sala de paramentação, onde médicos, enfermeiros e técnicos irão vestir todos os equipamentos de segurança, e uma sala de desparamentação, onde os descartes de lixo e higienização serão realizados. Na linha de frente desta luta para salvar as vidas do Coronavírus estão escalados 70 profissionais da saúde, com cinco médicos dedicados para cada plantão.

O coordenador clínico da UPA Dr. Thelmo de Almeida Cruz, Dr. Luiz Felipe Hisse, destaca o quanto o período é desafiador. “É um momento delicado, mas temos um grande suporte técnico. Como profissional da saúde, atuar nessa batalha é uma mistura de gratificação e preocupação com um possível colapso do Sistema Único de Saúde. Por isso, minha maior recomendação é o isolamento social. Ficar em casa continua sendo a principal medida para o combate e prevenção da doença”, reforça o clínico-geral.

 

 

Santa Casa – Os casos clínicos adultos, que antes eram atendidos na UPA Dr. Thelmo, foram remanejados para o espaço da Santa Casa Clínicas, que é o prédio do ambulatório da Santa Casa de Misericórdia de Jacareí. O espaço foi dividido em oito salas de observação e duas salas de emergência.

De acordo com a secretária de Saúde, Dra. Rosana Gravena, este plano de enfrentamento à pandemia foi pensado para proteger a população do risco de contaminação da doença. “Essas mudanças são importantes para que o paciente portador de doenças crônicas continue tendo um atendimento de qualidade, separado da estrutura montada para os suspeitos e confirmados do novo Coronavírus (COVID-19)”, pontua.

 

Pediatria – Já o atendimento pediátrico, que antes também era realizado na UPA Dr. Thelmo de Almeida Cruz, terá continuidade na Unidade de Pronto-Atendimento do Parque Meia Lua. Vale ressaltar que, para os pais ou responsáveis que chegarem até a UPA Dr. Thelmo sem possibilidade de condução para levarem as crianças à UPA do Parque Meia Lua, serão disponibilizados veículos da Secretaria de Saúde para auxiliar no trajeto.