Conselho de Habitação se reúne em Jacareí

A Fundação Pró-Lar promoveu na segunda-feira (12) uma reunião com os membros do Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social. O objetivo foi apresentar os trabalhos e projetos desenvolvidos pela pasta, como aluguel social, planta popular e o programa Bem Morar, lançado recentemente pelo prefeito Izaias Santana, que prevê a realização de pequenas reformas para famílias de baixa renda.

A presidente da Pró-Lar, Rosa de Fátima Rangel França, disse que essa foi a primeira reunião do conselho desde a nomeação, há menos de um mês. “E foi muito importante esse encontro porque pudemos fazer uma explanação de todos os serviços e bens de interesse social que a fundação disponibiliza”, destacou. Ainda segundo a presidente, ficou “acordado” entre os membros que o conselho se reunirá bimestralmente. “Porém em caso de necessidade, poderá ser convocada uma reunião extraordinária”, ressalta.

Para o presidente da Associação de Moradores do Villa Branca e membro do Conselho, Adilson Gusmão, a reunião foi muito “esclarecedora” ao apresentar o papel da Fundação Pró-Lar. “Pude entender que a Fundação Pró-Lar tem uma política voltada para a habitação de pessoas de baixa renda e que há o envolvimento de outras secretarias municipais, que podem ser acionadas para determinada necessidade. E posso contribuir com o poder público divulgando esses serviços e programas na comunidade”, comentou.

O Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social é formado por 13 pessoas. Além da representante da Pró-Lar, há cinco representantes da prefeitura, um da Câmara Municipal, um da Caixa Econômica Federal e mais seis da sociedade civil. Os membros foram nomeados pelo prefeito Izaias Santana, por meio do decreto 180, de 24 de maio de /2107.

(Rosana Antunes/PMJ)