Seminário promove debates sobre sexualidade, gênero e diversidade

No próximo dia 10 de outubro, a Secretaria de Saúde irá promover o IV Seminário ‘Saúde em Foco’, com o objetivo de debater sexualidade, gênero e diversidade.

O evento acontecerá na Sala Ariano Suassuna, no EducaMais Jacareí, das 7h30 às 18h. As inscrições poderão ser feitas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (12) 3955-9754.

Confira a programação completa:

7h30h – Credenciamento e café de boas-vindas;

8h – Mesa de Abertura;

8h30 – Intervenção artística LGBT;

Joana Flor, mais conhecida como Jo Sant’anna, artista, atriz, questionadora, militante e aquela que adora apertar na ferida. Após uma temporada absorvendo cultura e vivência na Europa, vem para mesclar arte, canto e dramaturgia;

9h – Mesa I – Heteronormatividade e população LGBTQI;

Mariana de Oliveira Farias – Psicóloga, Doutora em Psicologia Social pela PUC/SP, docente em cursos de graduação e pós-graduação com a temática de sexualidade e gênero, atua na interface com a justiça, autora de livro sobre a adoção por família homoparental e a psicologia jurídica;

Lívia Gonsalves Toledo – Psicóloga, Doutora em Psicologia Social pela UNESP – Universidade Estadual Paulista. Coordenadora do Curso de Psicologia da UNIVAP – Universidade do Vale do Paraíba. Realizou pesquisas na área dos Estudos de Gênero, Estudos LGBT e Teoria Queer, LGBTfobia e Violência;

10h30 – Mesa II – Preconceitos e Estigmatização da População LGBTQI: barreiras e desafios para a promoção da cidadania LGBTQI;

 

Carlos Eduardo Schott Lemes – Graduado em enfermagem, atua no Consultório na Rua de Jacareí, sendo um dos colaboradores de sua implantação, seu trabalho compreende pacientes em situação de Rua, CAPS e emergência de rua (resgate e acolhimento). Trabalhando com as estratégias de redução de danos com os usuários de álcool e drogas e prevenção das IST com a População em Situação de Rua;

Lam Matos – coordenador do IBRAT, negro-indígena, ceilandence, questionador da masculinidade tóxica, rebatedor dos padrões masculinos cishétero-normativos, falador fluente e homem transmasculino;

Paulo Sérgio Rodrigues de Paula – Psicólogo, Doutor em Ciências Humanas pela UFSC, Docente e pesquisador de Pós-Graduação da UNIFEO – Osasco, autor de vários artigos e livro sobre a temática de sexualidade e gênero.

12h – Intervalo para o almoço;

13h30 – Apresentação artística: Hip Hop e Diversidade;

14h – Mesa III- Saúde Integral LGBTQI;

Luis Fernando Ayres Jr. – Infectologista formado pela UFRJ com capacitação no CRT – SP para Infecções Sexualmente Transmissíveis;

Marilis Bason Cury – Dentista, servidora pública há 22 anos, supervisora de UBS e NASF, atuou como orientadora de curso na Escola Nacional de Saúde Pública. Atual Diretora de Atenção Básica do Município;

Júlia Pereira – Psicóloga, especialista em Psicologia Política pela USP, atuando no Centro de Cidadania LGBT;

Luiz Carlos Ruas, organizadoras do Slam Marginália, batalha de poesias pra pessoas trans, escritora do livro de poesias Amor & Revolta e conselheira no Conselho Regional de psicologia de São Paulo

15h30 – Mesa IV – Experiências exitosas e perspectivas da construção de direitos na saúde LGBTQI.

Flávio Urra – Psicólogo e Sociólogo, Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP especialização em Violência Doméstica pelo Lacri-Usp, coordenador do Programa “E Agora, José? Pelo fim da violência contra a mulher”;

Kika Medina – Mulher trans, militante dos Direitos Humanos nas questões LGBTQI+ e nas causas ligadas ao HIV, preside os movimentos sociais ligados às temáticas LGBTQI em São José dos Campos e organizadora da Primeira Feira do Orgulho Trans do Vale do Paraíba;

Laura Teixeira – Professora, Arte educadora, com pós-graduação na mesma área e em Licenciatura. Possui estudo em Teatro com Formação livre pelo Teatro da Rua Eliza de São José dos Campos;

17h – Encerramento e Atividade Cultural

Como parte do encerramento do seminário será exibida a peça teatral AGRESTE.

AGRESTE – UM EXERCICIO CÊNICO (2017):

Sinopse: “ Agreste – um exercício cênico” tem como ponto de partida o texto “Agreste – Malva Rosa” do dramaturgo Newton Moreno.O texto é “um drama de amor e pobreza no interior nordestino” e serviu aos alunos como material para os estudos das técnicas narrativas.Direção: Andre Ravasco;

Núcleo Narrativo Cia do Trailler – Teatro em Movimento/Teatro da Rua Eliza.