Novembro Azul: Jacareí registra aumento de 12% nos exames preventivos

A cada hora, sete homens recebem o diagnóstico de câncer de próstata no Brasil, de acordo com as estimativas de incidência do Instituto Nacional do Câncer (Inca) para 2018 (68.220 casos/ano). O tumor mais incidente no homem (excluindo-se o câncer de pele não melanoma) ainda mata cerca de 20% dos pacientes (14.484 óbitos em 2015).

Na tentativa de prevenir e buscar a redução desses números em Jacareí, a Secretaria de Saúde realizará, durante todo o mês de novembro, ações em todas as Unidades de Saúde.

Serão promovidas atividades de alimentação saudável, atividade física, testes rápidos, prevenção e agravos ao uso de álcool, tabaco e outras drogas, imunização com vacinas para a população adulta. Além disso, no dia 23 de novembro, das 8h às 17h, as Unidades de Saúde do Jardim das Indústrias, Cidade Salvador, Santa Cruz dos Lázaros, Parque Santo Antônio, Jardim Yolanda, Jardim Emília, Parque Meia-Lua, Igarapés e Parque Brasil realizarão os exames sem agendamento prévio, no chamado ‘Dia D’.

Vale lembrar que o município registrou um aumento de 12% nos procedimentos de exames laboratoriais, USG de próstata abdominal e transretal, e biópsia de próstata. Enquanto de janeiro a julho de 2018 foram realizados 7.794 exames, neste ano foram realizados 8.810.

Além disso, o município não possui demanda reprimida em alguns dos procedimentos, como é o caso da biópsia de próstata.

Prevenção – A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é que homens a partir de 50 anos procurem um profissional especializado, para avaliação individualizada. Aqueles da raça negra ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos. O rastreamento deverá ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios, em decisão compartilhada com o paciente. Após os 75 anos, poderá ser realizado apenas para aqueles com expectativa de vida acima de 10 anos.