Vereadores aprovam empréstimo da CAF para pacote de obras

“Hoje é um dia muito importante para Jacareí”, destaca o prefeito de Jacareí Izaias Santana. O motivo da comemoração é que todos os vereadores, por unanimidade, aprovaram na sessão de Câmara desta quarta-feira (14), o projeto de lei da prefeitura que autoriza a continuação do processo de contratação do empréstimo de 60 milhões de dólares (cerca de R$ 240 milhões) com a CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina).

O prefeito explica que este é o quarto item importante do processo de financiamento para um pacote de obras do Programa de Desenvolvimento Urbano e Social de Jacareí.  “Agora precisamos da autorização do Senado, que é quem controla as dívidas da União, e é a fiadora deste empréstimo. Com este financiamento nós vamos dar um salto de 12 anos no nosso desenvolvimento”, enfatizou.

O programa prevê oito obras viárias, entre elas a terceira ponte, a macrodrenagem do Córrego do Tanquinho, cinco ciclovias, e cinco novos parques. “É mais qualidade de vida para nossa cidade”, falou Izaias, que agradeceu os vereadores.

“Eles compreenderam a importância deste projeto e todos votaram favoráveis. Agora vamos pra Brasília para conseguir tornar realidade e melhorar a vida em Jacareí. Parabéns a todos e vamos firmes construindo a cidade que todos nós queremos”, ressaltou o prefeito.

A iniciativa tem como objetivo geral a melhoria da mobilidade e da infraestrutura urbana e a revitalização de áreas públicas, impulsionando o desenvolvimento econômico e socioambiental. A proposta tomou como base o Plano Diretor Municipal (em fase final de atualização), o Plano de Mobilidade Urbano (em desenvolvimento) e o Plano Integrado de Saneamento (em desenvolvimento).

O programa deverá beneficiar toda a população do município, estimada em 229.851 habitantes (IBGE, 2017).

Confira o pacote de obras do Programa: 

8 obras viárias – 21,10 km de malha viária

Implantação do Eixo Avenida Malek Assad – Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco (terceira ponte – já em licitação)

Pavimentação da Avenida Engenheiro Davi Monteiro Lino e interligação com o Parque Meia-Lua e novo acesso à Avenida Getúlio Vargas

Duplicação da Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco

Implantação do Eixo Nilo Máximo – Euryale de Jesus Zerbini (José Theodoro ao Campo Grande)

Interligação da Rodovia Nilo Máximo – Rodovia Geraldo Scavone

Interligação da Avenida Davi Lino com a Avenida Málek Assad – Parque Meia-Lua

Remodelação do entroncamento da Avenida Adhemar de Barros – Avenida Engenheiro Davi Monteiro Lino e Getúlio Vargas

Macrodrenagem do Córrego do Tanquinho – que beneficiará a região do Jardim Emília e Terras da Conceição, evitando enchentes. A ação atenderá o a uma reivindicação antiga dos moradores (já em licitação)

Expansão da Malha Cicloviária

Interligação de todas as regiões da cidade com o Parque da Cidade, passando pelos EducaMais pelos trechos Parque da Cidade/Parque Meia-Lua, Parque da Cidade/Lucas Nogueira Garcês, Parque da Cidade/Jardim do Vale, Parque da Cidade/Villa Branca, Orla Rio Paraíba/Jardim Emília, Orla Rio Paraíba/Morro do Cristo.

Formação de Parques

Revitalização da Orla do Rio Paraíba do Sul

Criação do Parque Linear do Rio Paraíba do Sul

Criação do Horto Florestal “Seo Moura”

Recuperação Ambiental do Parque do Morro do Cristo

Parque Linear do Córrego do Tanquinho

(Marta Fernandes/PMJ – Fotos: Alex Brito/PMJ)