“Tudo que eu aprendi sobre união e respeito mudou a minha vida para sempre”, explicou Davi de Sousa, 12 anos. Ele foi um dos quase 300 usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que se reuniu na Casa Viva Vida na última segunda-feira (4).

O evento teve como objetivo confraternizar e integrar os usuários dos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) de todas as regiões, com apresentações das oficinas de teatro, coral, artesanato, dança circular, hip hop e artes plásticas.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos atende hoje jovens de 12 a 17 anos e com idade superior a 60 anos, trabalhando com eixos como protagonismo e independência visando fortalecer os vínculos de famílias usuárias do PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias).

“Tudo que eu sei e vi aqui eu me esforço para tentar passar para outras pessoas. Este serviço e essas pessoas são muito especiais pra mim. Mudou a minha vida”, explicou Ana Christine, 13 anos, usuária do CRAS Sul.

A diretora de Proteção Básica, Priscila Sanches, reforçou a importância deste momento de confraternização. “Eventos como esse são importantes, pois favorecem a integração e se tornam uma extensão de alguns eixos trabalhados”, explicou.

Atualmente, Jacareí conta com CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) em cinco regiões da cidade (Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro). O CRAS Sul, por exemplo, atende cerca de 130 famílias, com composição familiar entre 4 e 5 pessoas.

(Victor Copola/PMJ – Fotos: Alex Brito/PMJ)