Após três anos, o tradicional desfile de Carnaval de rua retornou para Jacareí. O evento aconteceu na Avenida Davi Lino, próximo ao Parque da Cidade, na noite deste domingo (11).

O desfile contou com a participação de cinco escolas de samba: Luz do Amanhã, Estrela Cadente, Unidos do Jacarezão, Santa Helena e Unidos do Álcool. Aproximadamente, 12 mil jacareienses compareceram ao evento.

O prefeito Izaias Santana, a presidente da Câmara Municipal, Lucimar Ponciano, e o Presidente da Fundação Cultural, Bruno Castro, abriram o desfile ao reverenciar a Corte Real, composta pelo rei momo, rainha e princesas do Carnaval.

A integrante da “Unidos do Álcool”, Geovana Rodrigues, 21, contou que todos os representantes das escolas de samba estavam ansiosos com a volta do Carnaval. “Foi, aproximadamente, um ano de ensaio. Agradecemos a oportunidade de desfilar novamente e fazer uma festa linda para a cidade”.

A primeira escola a entrar na avenida foi a “Unidos do Álcool”, que apresentou um enredo com histórias sobre super-heróis e o mundo da imaginação. Em seguida foi a vez da “Unidos de Santa Helena”, que apresentou as riquezas da floresta amazônica.

A terceira escola a entrar na avenida foi a “Luz do Amanhã”, que apresentou a história do sal, desde o início da civilização aos dias atuais. A escola “Estrela Cadente” deu seguimento ao desfile com um enredo que valorizou e reverênciou a história dos negros brasileiros.

A última escola a se apresentar foi a “Unidos do Jacarezão”, com o tema “O grito do Poseidon”, que buscou conscientizar sobre os cuidados com o meio ambiente.

O Presidente da Fundação Cultural, Bruno Castro afirmou que o evento superou as expectativas. “As escolas fizeram um belo trabalho e espero que possamos manter esse padrão de qualidade e dedicação”.

Ele enfatizou que a presença do público foi uma grata surpresa. “Ficamos alegres com a grande participação dos jacareienses, nem a chuva no começo desanimou o pessoal”.

Na terça-feira (13) será a apuração do Carnaval, com transmissão pela TV Câmara, ao vivo. O público também poderá acompanhar o resultado nos telões nas quadras das escolas de samba.

(Jader Fernandes/PMJ – Fotos: Alex Brito/PMJ)