• Previsão do tempo
  • 21ºC
  • 16ºC
  • RSS - Inscreva-se para ser notificado das últimas notícias da cidade
  • Busca
  • Fundação Cultural de Jacarehy
  • Diminuir o tamanho do texto Texto no tamanho original Aumentar o tamanho do texto Abrir a notícia em uma nova janela
  • 03/02/2014

Oficinas culturais: diversão e diversidade revelam novos talentos em Jacareí

[Reportagem publicada no jornal Diário de Jacareí, edição de 1 e 2 de fevereiro de 2014]

No total, 472 pessoas das mais variadas idades participaram das atividades da Fundação Cultural de Jacarehy
“Quando fiquei sabendo da oficina de hip hop, logo me matriculei. Há dois anos que não perco uma oficina de dança da Fundação.” A estudante Karoline Mirelle Custódio da Silva, de 18 anos, é uma das 472 pessoas que participaram do Mutirão de Férias Cultural, promovido pela Fundação Cultural de Jacarehy, que abriu oportunidades, em vários pontos da cidade, com oficinas nas áreas de artes cênicas, audiovisual, cultura popular, literatura, música e terapia corporal.
A iniciativa, segundo a presidente da Fundação, Sonia Ferraz, foi realmente oferecer uma programação que une diversão e cultura como opção durante as férias. “Uma oportunidade para aproveitar os dias de folga para se divertir e ainda descobrir algum talento”, avalia.
E foi o que fez Karoline. “Sou estudante de educação física e sempre gostei de dança. E a oficina de hip hop 'confirmou' que minha vocação é ser dançarina. Quero investir nisso”, conclui.
O Mutirão Cultural também despertou o interesse de Caio Augusto de Oliveira, de apenas 14 anos. Bolsista da Sinfônica Jovem da Prefeitura, ele participou da oficina de música instrumental para “se aperfeiçoar” no trompete. “A oficina é uma chance para obter informações importantes sobre instrumentos de sopro. Então aproveitei para buscar aperfeiçoamento mesmo”, comenta.
Durante o mês de janeiro foram realizadas 17 oficinas de hip hop dance, montagem e produção teatral, arte do palhaço, improviso de cena, da ideia à produção (audiovisual), bijuterias, capoeira, poesia e conto, música instrumental e gaita, entre outras. Para atender o maior número de pessoas, as oficinas foram realizadas no EducaMais Centro, Parque dos Eucaliptos, auditório Ramon Ortiz (Parque Santo Antonio), Museu de Antropologia do Vale do Paraíba, Espaço Fênix (Rio Comprido), Emef Delly Gaspar (Conjunto São Benedito), Biblioteca Municipal Macedo Soares, EducaMais Jardim Paraíso, EducaMais São João.

Nas férias, aprendizado e lazer
Com as oficinas variadas oferecidas gratuitamente durante as férias escolares muita gente aproveitou para praticar o que gosta e aprender um pouco mais de forma descontraída e sem a obrigação das notas no final do curso.
A estudante de letras Clarice Delape, de 21 anos, foi uma das que optou pela oficina de literatura por estar diretamente relacionada com o seu curso. “Gosto muito de poesia e conto. E na oficina pude praticar a escrita e conhecer vários autores, além das poesias dos colegas”, diz.
Já para a dona-de-casa Claudia Rodrigues da Silva, a oficina de teatro foi muito bem aceita pelo seu filho. Segundo Claudia, a oficina virou sinônimo de “motivação” para o filho Pedro Henrique dos Santos, de 12 anos, durante o período de férias escolares. “Era só chegar a hora de ir à oficina para ver o sorriso dele de orelha a orelha”, revela. “Não é a primeira vez que ele participa de oficina de teatro da Fundação. E isso tem ajudado muito ele a ser mais extrovertido, comunicativo. E, pelo que vi nos ensaios que acompanhei, acredito que a oficina foi muito boa para outras crianças também”, observa.
Além das oficinas promovidas durante as férias, a Fundação Cultural de Jacarehy mantém uma agenda mensal com diversas atividades culturais gratuitas para a população. Para saber mais, acesse www.jacarei.sp.gov.br.


Durante o mês d ejaneiro foram realizadas 17 atividades no 'Mutirão de Férias Cultural', entre elas uma oficina instrumental


Capoeira foi outra atividade desenvolvida


A estudante Karoline, de 18 anos, é uma das 472 pessoas que participaram do 'Mutirão de Férias Cultural'


A oficina virou sinônimo de 'motivação' para Pedro Henrique, de 12 anos

Fotos: Valter Pereira/PMJ


voltar ao índice de notícias

Telefones

Horário de Atendimento: das 9h às 17h

  • Prefeitura • 3955 9000
  • Sec. Saúde • 3955 9600
  • Sec. Educ. • 3955 9200
  • Sec. Infra. • 3954 0950
  • SAAE • 3954 0300
  • Assist. Social • 3954 2550
  • Fund. Cultural • 3951 0710
  • Fund. Pró-Lar • 3951 6402

Conselho Tutelar: (12) 3954-9920 e 153, da Guarda Municipal (plantões noturnos, feriados e finais de semana)