A apresentação será na próxima sexta-feira (13), às 20h, na Sala Ariano Suassuna, no Educamais Jacareí

Com a intenção de decifrar as paisagens do sertão brasileiro, sua gente, lendas e mitologias, o espetáculo de dança contemporânea ‘Tríptico Sertanejo’ fará uma apresentação única na próxima sexta-feira (13), às 20h, na Sala Ariano Suassuna, no Educamais Jacareí.

Realizado pelo Programa de Apoio à Cultura do Governo do Estado de São Paulo (PROAC), a peça é dirigida por Ivan Bernardelli e encenada pela DUAL Cena Contemporânea, companhia que desde 2011 realiza ações artísticas relacionadas à cultura brasileira. O espetáculo faz parte da programação ’13ª Mostra de Artes Cênicas de Jacareí’.

O projeto organiza-se a partir de um tríptico, uma obra em três
partes interconectadas: Tropeiros, Maria e Dadá e Canudos. ‘Tropeiros’ é um trio baseado nas danças praticadas pelos bandeirantes e tropeiros nos séculos XVII e XVIII. ‘Maria e Dadá’ conta a saga das duas lendas femininas do bando de Lampião, na década de 1930 e, ‘Canudos’ propõe um solo de dança sobre a paisagem pós-guerra no Arraial de Canudos de 1897.

Acenando para o cenário vivo dos sertões do Brasil, o espetáculo traz personagens inesperados, que encenam as relações míticas e lendárias do contexto rural brasileiro, proporcionando aos espectadores um olhar histórico e cultural ao resgate das memórias sertanejas.

Uma curiosidade é que, as cidades paulistas escolhidas pela companhia para a temporada de estreia, incluindo Jacareí, são municípios que mantêm, historicamente, relação com a cultura tropeira.

A entrada para o espetáculo ‘Tríptico Sertanejo’ é gratuita e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do local uma hora antes da peça. A classificação indicativa é de 16 anos.

(Diretoria de Jornalismo/PMJ)