Você acorda atrasado para o trabalho. Tem que se trocar correndo e não consegue tomar café direito. Pega o carro e se controla para não acelerar além dos limites. Está apressado, com fome e irritado. Ao dobrar a esquina para acessar aquela avenida movimentada, surpresa: uma fila de carros, com pessoas tão irritadas quanto você, aguarda um caminhão manobrar vagarosamente em uma rotatória que não foi feita para veículos daquele tamanho.

Pode parecer que não, mas essa cena tem sido corriqueira em alguns pontos de Jacareí. Um estudo feito pela Secretaria de Mobilidade Urbana revelou que Jacareí recebe 7.500 caminhões por dia. Eles chegam pelas rodovias que cortam a cidade e trafegam livremente por ruas movimentadas, causando engarrafamentos, deixando buracos nas ruas e disputando espaço com carros menores.

Diante de toda essa situação, a Prefeitura de Jacareí, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, decidiu criar um projeto para controlar o fluxo de caminhões na cidade.

Trata-se da Rota Corredor de Cargas Pesadas do Município. Com a criação dessa rota, os caminhões não terão mais permissão para cruzar as pontes que ligam os bairros ao Centro. Só será permitida a circulação de caminhões que prestarão algum tipo de serviço na cidade, deixando o trânsito e o seu dia a dia mais leves.

Mas não queremos decidir nada sem antes ouvir a sua opinião. Por isso, fizemos 4 audiências públicas e você pode clicar no link que você encontrará ao final deste artigo e participar da pesquisa sobre o projeto. Não vai levar mais do que 15 minutos e você ainda estará ajudando a construir uma cidade com um trânsito mais organizado e seguro.

Rota de Cargas Pesadas – como vai funcionar

1. Caminhões pequenos/ utilitários – até 4 toneladas
Terão livre acesso a qualquer ponto da cidade.

2. Caminhões grandes e carretas – até 30 toneladas
Poderão andar somente pela rota de cargas pesadas, composto por sete partes. Cada uma delas tem início na entrada da cidade e um ponto final, de onde o caminhão poderá retornar para a rodovia pelo caminho que veio ou por um roteiro pré-determinado, que não passará pelo Centro.

 

tabela

 

No mapa a seguir, é possível visualizar melhor cada rota.

mapa

 

3. Caminhões e carretas que precisarem realizar serviços fora do corredor de cargas
Deverão apresentar comprovante (nota fiscal) de que o serviço será mesmo realizado naquele endereço, seguir uma rota pré-definida e dentro do horário estipulado pela Secretaria de Mobilidade Urbana, entre 10h e 16h ou entre 21h e 6h.

4. Caminhões autônomos com garagem na cidade
Terão autorização para transitar em rota e horário específicos até chegarem a rota de cargas.

5. Caminhões com reboque
Não poderão circular pela cidade. Eles terão exceções que serão definidas caso a caso.

6. Caminhões de Utilidade Pública
Terão livre circulação pela cidade, por se tratarem de serviços essenciais à população, como o recolhimento do lixo, por exemplo.

7. Caminhões de combustível
Poderão circular fora da rota de cargas das 10h às 16h e das 21h às 6h.

8. Outros tipos de solicitações não previstas
Serão analisadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana, que poderá autorizar ou não o tráfego de caminhões.

Antes de tirar o projeto do papel, a Prefeitura de Jacareí está realizando uma consulta pública para saber a opinião da população. Participe:

 

botao_400x150